Segunda, 10 de Agosto de 2020
11 99788787
Política Política Macapá

Prefeito de Macapá saindo do Partido Rede se rende ao Bolsonarismo fisiológico

Clecio se une a Davi Alcolumbre, antigo desafeto

31/07/2020 08h17 Atualizada há 1 semana
452
Por: Redação Fonte: Portal Brasileiro
Prefeito de Macapá saindo do Partido Rede se rende ao Bolsonarismo fisiológico

O ciclo de Clécio Luís (REDE) na prefeitura de Macapá encerra com o gestor entregando as chaves da cidade da primeira administração de uma capital por seu partido ao mesmo grupo político que ele mesmo derrotou no passado.

Clécio passou a integrar organicamente o grupo do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), aparentemente em troca de apoio para que ele concorra ao governo do Estado em 2022. Os dois estão unidos no apoio à candidatura do irmão de Davi, Josiel Alcolumbre (DEM) para o comando da capital amapaense. 

Compõe também esse campo político o ex-prefeito derrotado por Clécio, Roberto Goes e o PDT, partido que governa o estado do Amapá há 4 mandatos, com Waldez Goes, (ambos presos pela polícia federal na operação mãos limpas) em um arco de alianças que tende à direita.

 

O grupo de Davi, Waldez, Roberto e Josiel chegou a ficar conhecido, juntamente com outros partidos de direita, como "Harmonia" 

Este grupo durante anos foi a base de sustentação política do ex-senador José Sarney.

Ao decidir por ingressar no campo político que enfrentou ao longo de sua trajetória, Clécio deixa de lado aliados históricos e amigos pessoais, como o senador Randolfe Rodrigues e o ex-secretário de Educação do Amapá e advogado Rubem Bemerguy, ambos seus companheiros políticos por quase trinta anos. Rubem é também o pré-candidato da Rede para a prefeitura.

Mais do que pode parecer uma simples recomposição de forças na política amapaense, a decisão do atual prefeito leva o patrimônio construído em sua gestão para o lado de algo além da velha política local. Leva o lastro político conquistado ao campo do bolsonarismo.

São hoje Davi e o DEM os caminhos pelos quais passam as relações com o governo federal no Amapá. 

O afastamento do prefeito dos outrora aliados de primeira hora ocorre também ao mesmo tempo em que a prefeitura passar a ser alvo de operações da Polícia Federal, como a que investiga irregularidades na área da saúde, mais especificamente no combate ao COVID-19. Outro fato recente de grande repercussão foi a reportagem do jornalista Roberto Cabrini em Macapá, durante a pandemia e que parece ter desgastado a imagem do gestor.

Ao fim, a pragmática escolha de Clécio para sua sucessão, parece também, aos poucos mas de forma perceptível, mudando a imagem do que outrora foi um exemplo de boa gestão.

-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (11/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (12/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio